Curiosidades

Ruído Subaquático | Poluição Sonora – Curiosidades

03 de setembro de 2018

O som é o meio mais eficiente de comunicação no meio aquático e é a principal forma de muitas espécies marinhas se reunirem e entenderem informações sobre seu meio ambiente. Muitos animais que vivem nos oceanos usam o som para ouvir e se comunicar, encontrar presas, localizar seus filhotes, evitar predadores, guiar sua navegação e localizar seu habitat.

Ao longo dos anos, atividades humanas como transporte marítimo, navegação recreativa e exploração de energia aumentaram ao longo de nossas costas, no mar e em ambientes profundos do oceano. O aumento dessas atividades trouxe um tipo de poluição que é pouco comentada, a poluição sonora. O aumento dos níveis de ruído pode afetar negativamente os animais e os ecossistemas dos oceanos.

Especula-se que os sons provenientes de fontes sonoras baseadas em ar comprimido produzam efeitos adversos nos animais por lesão direta como, por exemplo, em seus ouvidos ou, então, por mecanismos menos diretos como, por exemplo, mascarando os sons de interesse ou alterando seu comportamento. Em se tratando de conservação da vida silvestre, a principal preocupação está no fato de seu potencial em afetar as populações, reduzindo sua sobrevivência e afetando o sucesso reprodutivo. Alguns experimentos documentaram que, em peixes, a exposição a pulsos provenientes de fontes sonoras baseadas em ar comprimido próximos pode trazer danos aos ouvidos.

 

Algumas Fontes de Poluição Sonora

  • Ar comprimido (airguns): Fontes sonoras baseadas em ar comprimido produzem sons através da liberação rápida de ar comprimido por cilindros dotados de pistões. Desta forma, o ar é conduzido para a água a alta pressão, enviando impulsos sonoros intensos e explosivos para o fundo do mar. São empregadas, principalmente, para exploração de petróleo e gás abaixo do fundo do mar e para levantamentos geofísicos do fundo do mar.


Fonte: OceanCare

  • Sonar militar: O sonar é usado por embarcações militares durante exercícios e atividades de rotina para procurar objetos como submarinos inimigos.

Fonte: OceanCare

  • Tráfego de embarcações: 90% dos bens comercializados globalmente são transportados por navios que estão gerando um “nevoeiro” acústico sempre presente e em constante aumento, mascarando sons naturais do ambiente.

 

  • Explosivos: são detonados no oceano para fins de demolição ou para testes de equipamentos – por exemplo, testes de choque de navios, em que os navios são deliberadamente atingidos por explosivos para testar sua durabilidade.

 

  • Obras de construção: construções de portos e outras atividades, tais como a instalação de estacas para parques eólicos offshore e plataformas petrolíferas, também, estão gerando emissões intensivas de ruído.

 

Já tinha pensado sobre este tipo de poluição? Ela reforça o entendimento de atenção e cuidado em qualquer movimentação feita que envolva os oceanos.

Fonte: NOAA, OceanCare

Sua lista